Estudando Direito
O site da comunidade jurídica do Brasil

O advogado se tornou um trabalhador on-line?

O novo coronavírus deixa e continua a deixar marcas em todos os setores da sociedade. A saúde pública está prestes a entrar em colapso, a roda da economia não está mais girando com tanta rapidez, estabelecimentos fecharam as portas, trabalhadores perderam seus empregos e todos os outros foram afetados de forma direta ou indireta.

Entre eles, está à classe que eu atuo: a advocacia seja ela, da seara que for. O direito passou por grandes transformações neste período de Covid-19, onde precisamos nos atualizar e usar ferramentas novas, o que jamais pensamos. Quando falo em novos métodos, gostaria de me atear às questões tecnológicas, essas que tornaram o advogado um trabalhador, digamos que, on-line. De nossas casas, de nossos escritórios, devido à pandemia, tiramos a tecnologia como aliado na defesa de nossos clientes, luta pelos seus direitos.

Claro que a tecnologia não chegou onde para a classe, há anos temos acesso totalmente on-line aos processos, evitamos a utilização de papéis, podemos trabalhar de forma ‘on-line’, mas nunca se pensou que faríamos esse trabalho por um período tão longo. Tivemos que nos adaptar a uma Plataforma Emergencial de Videoconferência para Atos Processuais, onde despachamos encaminhamentos importantes para aqueles que encontram na justiça, a luz no fim do túnel.

Esse vem sendo um período desafiador, tanto que existem colegas que não estavam preparados, precisaram contar a o auxilio de seus assessores, estagiários, mas essa é uma fase necessária, mas que traz consigo muito aprendizado. Assim com os demais setores tiveram que se adaptar, tivemos que ao invés de remarmos contra a maré, precisamos entrar no barco e encarar novos desafios, esses que como as ondas, que não tem previsão para‘acalmar’.

O advogado também precisou se atualizar, todos que estavam acostumados com um jeito precisaram mudar a sua forma de trabalho e até mesmo, a sua linha de atuação. Nossa classe precisou estudar, entender e argumentar mais.

Respondendo o questionamento inicial deste artigo: viramos trabalhadores 100% on-line e merecemos sim o devido reconhecimento nesta véspera de 01 de maio, dia do trabalhador. Somos uma categoria de luta, que busca colocar a palavra justiça em prática, que significa: reconhecer o mérito de tantas pessoas que confiam em nosso trabalho. Tenho certeza, não decepcionamos, nem vamos decepcionar, subimos no barco do coronavírus e vamos seguir, pois tudo vai passar.

Texto: Diego Campos Maciel
Fonte: www.uaaau.com.br

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.